SAFRAS ESTIMA COMERCIALIZAÇÃO DE CAFÉ DA SAFRA 2020/21 DO BRASIL EM 90%

Postado em

As vendas estão levemente avançadas em relação ao ano passado, quando 89% da safra 2019/20 estava comercializada até então e também acima da média dos últimos 5 anos para o período, que é de 88%. Assim, já foram comercializadas 62,80 milhões de sacas de 60 quilos, tomando-se por base a estimativa de SAFRAS & Mercado, de uma safra 2020/21 de café brasileira de 69,5 milhões de sacas. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, o dólar alto e a recuperação na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) acabou elevando os preços no físico interno, o que trouxe um pouco mais de vendedores ao mercado. “Apesar do interesse, o fluxo de negócios segue bem cadenciado”, indica o consultor. As vendas de arábica subiram para 89% da produção, em leve vantagem em relação a igual período do ano passado (88%) e também acima dos 87% de média histórica. Já as vendas de conilon ganharam um pouco mais de ritmo e alcançam 95% da safra, contra 92% em igual período do ano passado e 91% na média de 5 anos. “A chegada da safra brasileira 2021 explica o avanço no fluxo de vendas”, comenta Barabach. Fonte: Agência SAFRAS

Fonte: Coopercitrus